Bebés, crianças e grávidas: necessidades específicas

Por dentro dos nossos produtos

Para bebés, crianças e grávidas, a L'Oréal segue uma carta de formulação específica e estratégias particulares de avaliação de segurança. Desta forma, a segurança dos nossos produtos é avaliada e garantida para todos os públicos a que se destinam.

Bebés (0 a 3 anos) e crianças (3 a 18 anos)

Regras estritas para a composição de produtos para bebés e crianças

Seguimos regras rigorosas para a composição de produtos para bebés, que são mais frágeis. Na regulamentação, está prevista uma avaliação específica da segurança dos produtos para bebés. Também se prevê que seja dada especial atenção à proteção microbiana dos produtos cosméticos utilizados em crianças com menos de três anos de idade.

Nos laboratórios da L'Oréal, temos uma carta de formulação específica para bebés e crianças e testes de segurança particularmente exigentes e rigorosos antes de colocar um produto para "bebés" ou "crianças" no mercado. 

As matérias-primas utilizadas nos produtos para bebés e crianças são 100% hipoalergénicas e com uma tolerância máxima comprovada. A concentração de ingredientes, particularmente os agentes de espuma, é especificamente adaptada a bebés e crianças. Todos os produtos para crianças, mas também os produtos "para toda a família" (géis de banho, por exemplo), respeitam este princípio.

As fórmulas para bebés e crianças são testadas para garantir a sua segurança. Em primeiro lugar, são testados em painéis de consumidores adultos durante 28 dias. Depois, em bebés ou crianças, após aprovação de um comité de ética independente, durante pelo menos 4 semanas, sempre sob controlo dermatológico pediátrico.

Para bebés, oferecemos produtos de higiene e cuidados essenciais para a sua higiene e bem-estar: gel de limpeza, loção micelar, toalhetes, creme para a muda da fraldas, produtos de proteção solar. Limitamos os produtos das crianças ao essencial necessário para os seus cuidados: produtos lavantes para o corpo e cabelo ou produtos de proteção solar.

Certas categorias de produtos não devem ser utilizadas em bebés e crianças, tais como produtos a coloração capilar, desfrisantes, perfumes, desodorizantes, produtos esfoliantes, peelings e vernizes de unhas.

IOP babies children  pregnant women

O tema dos protetores solares

Para proteger bebés e crianças, a exposição ao sol direta ou indireta deve ser limitada ou mesmo proibida (especialmente em bebés), por exemplo, durante atividades ao ar livre ou passeios em carrinho de bebé, independentemente da estação do ano. No caso de exposição indireta (à sombra), é imperativo cobrir a cabeça do bebé e da criança com um chapéu, fazê-los usar óculos e uma T-shirt. Para além de não os expor ao sol, os dermatologistas consideram útil proteger os bebés e as crianças com um produto protetor solar. O risco de cancro da pele nos adultos aumenta com o número de queimaduras solares que estes sofrem durante a infância. Recomenda-se a utilização de produtos especificamente formulados para bebés e crianças. 

Formulamos produtos de proteção solar para crianças com especial atenção :

- Têm sistematicamente um elevado fator de proteção solar (FPS): entre 30 e 50+.

- Contêm uma menor concentração de certos ingredientes. Em particular, a concentração de filtros UV é ajustada para assegurar uma proteção otimizada

- São hipoalergénicos

- São concebidos para uma fixação particularmente eficaz na pele, garantindo uma resistência da proteção às agressões ligadas ao comportamento das crianças na praia, tais como a elevada resistência à água e à areia. A sua textura é mais adaptada e colante e o produto é mais visível de modo a verificar se é aplicado em toda a parte sobre a pele da criança.

As grávidas

Nos Laboratórios L'Oréal, temos uma carta de formulação específica para produtos destinados a grávidas. Adaptamos a nossa avaliação de segurança a esta população específica de consumidores. A grande maioria dos nossos produtos pode ser utilizada sem risco por grávidas, a menos que esteja contraindicada pelo ginecologista. Em caso de dúvida, especialmente para profissionais (por exemplo, cabeleireiros), recomendamos que consulte um médico.

No entanto, existem alguns casos excecionais em que podemos desaconselhar a utilização de um produto em grávidas. Quando a nossa análise de segurança assim o exige, colocamos uma menção especial na embalagem do produto. Este é o caso de certos produtos, tais como produtos adelgaçantes que contêm cafeína.

No caso específico dos produtos de coloração capilar, nenhum estudo foi capaz de demonstrar uma ligação entre a coloração capilar e o risco para o feto. O mesmo se aplica aos produtos de descoloração. Cada corante capilar é avaliado pelo Comité Científico de Segurança do Consumidor, que examina todos os dados toxicológicos, incluindo o estudo de impacto sobre o desenvolvimento do feto.

A partir dos dados disponíveis, pode concluir-se que não existe risco específico para as mulheres grávidas e para os seus fetos. Daí a ausência de restrições específicas de utilização para esta população.  O risco de alergia está bem identificado para todas as categorias de utilizadores, sendo, portanto, devidamente mencionado nas embalagens, juntamente com uma recomendação para efetuar um teste antes de cada utilização. Esta recomendação é muito importante no caso de mulheres grávidas, uma vez que o tratamento de uma alergia com medicamentos pode ser problemático.