Como é a experiência de ser LGBTQIA+ na L’Oréal Brasil? Confira os depoimentos de 4 Colaboradores da Companhia

É cada vez mais comum encontrar representantes autodeclarados da comunidade LGBTQI+ em grandes companhias e multinacionais. Porém, surge a pergunta: será que eles sentem liberdade para expressar suas identidades em todos os espaços? Na L’Oréal Brasil, uma das companhias que aderiu ao Fórum de Empresas e Direitos LGBTQIA+, sim - e quem garante isso são os próprios Colaboradores. Em suas palavras, trabalhar na Companhia é libertador, confortável, seguro e gratificante. Quer saber por quê? Veja o que dizem Cauã Cupello, Daniel Santana, Maya Colombani e Jamile Elias.

“Sem sombra de dúvidas, a L’Oréal fala sobre mim e não sob mim”

Desde dezembro do ano passado como Jovem Aprendiz no time de Expertise Científica da L’Oréal Cosmética Ativa, Cauã Cupello revela que se sentiu em casa já no dia da entrevista. “Pude perceber a diversidade de pessoas que transitavam pelo prédio e me senti muito mais confortável”, lembra. Ele conta que soube da vaga através do TransEmpregos, um projeto de empregabilidade para pessoas transgêneras considerado o maior banco de dados de currículos e vagas do segmento em todo o país. A partir dali, o caminho seria cheio de surpresas positivas.

“Dentre inúmeras pessoas LGBTQIA+ na empresa, conheço duas mulheres também transgêneras que são pessoas incríveis. Logo nos meus primeiros dias fizemos amizade! Fui muito bem recepcionado e nunca percebi nenhum olhar ou comentário desrespeitoso, muito pelo contrário. Já recebi diversos convites para depoimentos e declarações sobre o meu bem-estar e inclusão por parte do RH, do time de Diversidade e outros. Sem sombra de dúvidas, a L’Oréal fala sobre mim e não sob mim”, reflete Cauã.

Já observando o dia a dia da Companhia, Cauã destaca que o mais interessante foi ver, na prática, como todos têm garantia à sua própria identidade e liberdade de expressão. “Digo isso porque é comum percebermos profissionais LGBTQIA+ restritos a expressar seu gênero através de vestimentas de acordo com os padrões do sistema cisheteronormativo. Isso não acontece aqui. Nosso diferencial é que pensamos diariamente em formas de obter uma cultura verdadeiramente inclusiva, seja através de workshops, banheiros acessíveis para intersexuais em todos os andares, nosso crachá de acordo com as cores da bandeira LGBTQIA+, o programa L’Oréal Plural, entre outros”, pondera.

“Aqui você pode ser quem você quiser, mesmo que não tenha recebido essas palavras dentro do seu próprio lar”

Em coro com Cauã, Daniel Santana se emociona ao lembrar de uma das suas primeiras experiências na L’Oréal. Há 6 meses na Companhia, o representante médico da La Roche-Posay narra a sensação de liberdade que sentiu ao ser recepcionado com o crachá feito das cores da bandeira no dia da integração. “Eu segurei as lágrimas ao ver que todo mundo estava vestindo a mesma camisa. A minha camisa! Eu estava entrando em uma empresa que dizia: ‘aqui você pode ser quem você quiser, mesmo que não tenha recebido essas palavras dentro do seu próprio lar’”, relembra.

Segundo Daniel, foi justamente por causa do compromisso da Companhia com a diversidade que ele decidiu deixar o antigo emprego - onde já estava há 7 anos - para integrar o Time de Visitação Médica de Campo da L’Oréal Cosmética Ativa. Agora, vendo a pluralidade na prática, o Representante destaca a sensação de segurança como parte do dia a dia. “Mais do que criar um ambiente seguro para que o colaborador possa ser quem ele quiser, o que a L’Oréal faz de mais importante é integrar esse colaborador. Eu me sinto seguro, integrado”, explica.

Pensando a respeito dos desafios que ainda virão pela frente rumo a uma empresa cada vez mais plural, Daniel vê um futuro de esperança. “A L'Oréal já deu o passo mais importante: entender a necessidade, ouvir do lugar de fala, conscientizar e, agora, acelerar. É um processo gradual, mas de grande impacto! Isso dentro da empresa já foi compreendido”, finaliza.

“Sempre vi uma grande inclusão na L’Oréal, e não apenas tolerância. É o nosso ponto forte"

Há quase 20 anos na L’Oréal, Maya Colombani vê de perto o compromisso com a pluralidade e diversidade na Companhia. Segundo a Diretora de Sustentabilidade, é claro o quanto a orientação sexual não é - e nunca foi - um critério pejorativo. “Nosso Grupo sempre foi pioneiro no quesito integração LGBTQIA+ no mundo inteiro, e isso posso dizer com a minha experiência. Sempre vi uma grande inclusão na L’Oréal, e não apenas tolerância. É o nosso ponto forte”, destaca.

Sobre suas vivências na Companhia, ela reforça o quanto se sentiu respeitada durante um dos momentos pessoais mais importantes que viveu: quando tomou a decisão de ter uma família. “Tenho uma filha com uma mulher, agora tive um filho com outra mulher, e a empresa sempre teve o maior respeito pelas minhas decisões de vida. Nunca senti um tratamento diferente por ter uma família homoparental, isso me emocionou”, conta.

Já sobre o ponto de vista corporativo, Maya destaca o orgulho em ver boa representatividade na empresa. “Estamos à frente de muitas outras quando falamos em inserção, inclusão e promoção da igualdade e dos nossos direitos. Vemos pessoas LGBTQIA+ em diferentes  níveis da hierarquia. Aqui, você não se sente apenas LGBTQIA+, se sente um profissional. Tenho muito orgulho disso”, celebra.

“Poder ser quem eu sou com total transparência é um sentimento de liberdade sem igual"

Assim como Maya, Jamile Elias também faz questão de destacar o quanto a Companhia reflete a diversidade no dia a dia. Diretora Comercial de Grandes Magazines na L’Oréal Grande Público, e há 5 anos na empresa, ela conta que a sensação é de privilégio por estar em um ambiente aberto a abraçar todas as formas, cores e expressões de seus Colaboradores.

“Vejo que a empresa hasteia a bandeira da diversidade, e isso é muito gratificante. Sou respeitada por todos incondicionalmente. É um sentimento super confortável, de liberdade e pertencimento. Poder ser o que eu sou, com todas as pessoas que eu interajo, com o meu time, com os meus pares, meus gestores... Ser com total transparência é um sentimento de liberdade sem igual”, comemora.

Como é a experiência de ser LGBTQIA+ na L’Oréal Brasil? Confira os depoimentos de 4 Colaboradores da Companhia