loreal professionnel metal detox loreal brasil

Metal Detox: L’Oréal Professionnel apresenta novidade para neutralizar os cabelos

Criada para desintoxicar os fios antes da coloração, a revolucionária inovação do Metal Detox chega ao Brasil em agosto

Cabelos quebradiços e alteração da cor durante a coloração e a descoloração são algumas das principais queixas das consumidoras que fazem química nos fios - mas um novo tratamento de L’Oréal Professionnel promete mudar esse cenário. Em agosto, chega ao Brasil o Metal Detox: um serviço inovador que neutraliza os resíduos presentes na estrutura do fio antes do processo químico, garantindo 87% menos risco de quebra e 100% de cor confiável. A fórmula, criada pela marca a partir dos estudos de 7 anos em parceria com pesquisadores da Universidade de Ioanina, na Grécia, é protegida por nove patentes e foi testada intensivamente por cientistas e três cabeleireiros experts renomados, incluindo o brasileiro Washington Nunnes.

Metal Detox oferecido por L’Oréal Professionnel neutraliza, desintoxica e protege os fios antes da química

loreal professionnel metal detox loreal 2

O novo Metal Detox é composto por três etapas que trazem resultados confiáveis na cor e no processo de descoloração dos fios, sem surpresas. A primeira é realizada a partir de um pré-tratamento que neutraliza o metal contido no cabelo; a segunda é caracterizada pela limpeza desintoxicante e o processo é finalizado na terceira etapa, que funciona como uma proteção do fio, evitando que novas partículas voltem para a fibra capilar.

O processo de criação do Metal Detox contou, ao todo, com 102 testes instrumentais e mais de 1.000 experiências práticas. “O departamento de pesquisa de L’Oréal Professionnel colaborou com a Universidade de Ioannina durante sete anos, já que a instituição é referência em análises técnicas. Eles desenvolveram métodos que permitiram identificar o mecanismo responsável pela quebra do cabelo durante os processos de coloração e descoloração: o excesso de metal na fibra. A partir dessa compressão, fomos capazes de formular a solução inovadora”, relata Leila Hercouet, Pesquisadora Sênior do Departamento de Inovação Disruptiva da Universidade de Ioannina.

E para comprovar a eficácia do novo protocolo por meio de experiências reais, o time escolhido de profissionais de salões experts em técnicas de descoloração e coloração foi formado pela francesa Charlotte Catherin, o americano Sebastian Lagman-Kirtley e o brasileiro Washington Nunnes: “Estou impressionado com a performance do tratamento e fiquei surpreso com a rentabilidade, com pouca quantidade em mãos foi possível observar uma proteção extrema, trabalhando um alto nível de clareamento”, diz Washington Nunnes, embaixador L’Oréal Professionnel.

Inovação: o que é e como funciona a molécula glicoamina presente no Metal Detox?

A glicoamina é o principal ativo do novo tratamento Metal Detox, considerada a grande descoberta que permite a entrega da fórmula de sucesso. Por ser bem pequena, ela penetra profundamente na fibra capilar e desintoxica o fio, promovendo os efeitos satisfatórios nos processos de coloração e garantindo cabelos intensamente brilhantes. Para máxima eficácia e desempenho, a concentração do ativo no pré-tratamento foi elevada ao máximo: 10%.

“Conseguimos encontrar uma molécula perfeita: a glicoamina, que é o suficiente para prender-se à fibra e neutralizar o resíduo, sem danificar a integridade do fio e permitir que o oxidante presente na coloração faça seu trabalho integralmente”, revela Charlotte Feltin, chefe de Laboratório de Haircare do grupo L’Oréal.

Causas e consequências dos metais nos cabelos: por que devemos nos atentar?

O nível de metal presente nos fios varia em cada um. Na prática, ele depende da qualidade da água de onde vivemos, além também da porosidade da fibra capilar. Ao tomar banho ou lavar as madeixas no salão, por exemplo, mesmo a água mais limpa pode estar sobrecarregada de resíduos. A razão são as tubulações e encanamentos que o líquido percorre, acumulando partículas de metais que penetram dentro da fibra capilar.

Assim, uma vez que a fibra capilar se comporta como uma esponja, quanto mais porosa, maior é o acúmulo. Isso não é um risco à saúde, mas é importante atentar-se à questão durante os serviços de coloração em salões. Ao entrar em contato com o oxidante, o metal (especificamente o cobre) pode levar à quebra do fio de cabelo e resultados não confiáveis de cor.