Loreal brasil

L’Oréal Brasil e CCIFB firmam parceria de empoderamento feminino na ciência

Projeto-piloto ImpactMeninas França-Brasil contará com o apoio da L’Oréal Brasil para estimular meninas e mulheres a seguirem a carreira científica

A L’Oréal Brasil, por meio da L’Oréal Pesquisa & Inovação, firmou uma parceria junto à Câmara de Comércio França-Brasil (CCIFB) para incentivar o empoderamento feminino na ciência através do projeto-piloto ImpactMeninas França-Brasil. A iniciativa, criada pela Câmara com apoio da Embaixada da França, do Lycée Molière e do Colégio Pedro II, visa impactar positivamente a formação e o acesso profissional das jovens estudantes - em especial nas áreas de Ciência, Tecnologia e do setor industrial -, promovendo incentivo à pesquisa, diversidade e inclusão nas empresas e na sociedade. Agora, como parceira do projeto, a L’Oréal prevê ações como visita técnica virtual nos laboratórios da Companhia, além de mentorias com pesquisadoras da L’Oréal Brasil para que possam compartilhar experiências, tirar dúvidas e oferecer apoio às futuras cientistas.
 
“Para nós da L’Oréal, a questão da promoção da diversidade é chave interna e externamente. Quando surgiu a iniciativa do ImpactMeninas, imediatamente sentimos que isso seria muito complementar aos esforços que estamos fazendo, pois esse projeto vem incentivar meninas em uma idade crucial na escolha de uma via profissional para o caminho nas áreas de Ciência, Tecnologia ou no setor Industrial, no qual ainda hoje as mulheres não estão em paridade. Com esta iniciativa, juntamos a convicção de que é necessário estimular meninas e mulheres a seguir a carreira científica com a vontade das nossas pesquisadoras de contribuir nesse sentido”

Cristina Garcia, Diretora Científica da L’Oréal Brasil

 

Incentivo à igualdade de gênero e pesquisa científica já fazem parte dos esforços da L’Oréal Brasil


O projeto ImpactMeninas chega para agregar aos esforços da L’Oréal Brasil na promoção da diversidade e mulheres na ciência. Reconhecida pelo 4º ano consecutivo como líder em igualdade de gênero pelo Gender Equality Index (GEI) 2021 da Bloomberg, e há 15 anos incentivando mulheres cientistas e suas carreiras acadêmicas por meio do Prêmio Para Mulheres na Ciência, oferecido em parceria com a Academia Brasileira de Ciências e a UNESCO, a empresa busca reconhecer e incentivar mulheres dentro e fora do ambiente de trabalho. Na ciência, em especial, Cristina Garcia conta que os anos de aprendizado com o prêmio mostraram a importância, também, de inspirar outras meninas e mulheres através das vencedoras.

“Como o percurso nessa carreira é bastante difícil, e com poucos incentivos, é crucial ter modelos femininos que inspirem e mostrem que é possível para uma mulher ser uma cientista reconhecida. Aprendemos, nesses 15 anos de prêmio, que  ele não só é importante para recompensar o trabalho excepcional que jovens pesquisadoras fazem no Brasil, mas que é principalmente um motivo para que outras mulheres se inspirem nas vencedoras e persigam sua vontade de ser cientista também”, conta. 

No ImpactMeninas, Companhia terá papel de oferecer apoio e estímulo a futuras cientistas 


Assim, por meio do ImpactMeninas, a Diretora Científica da L’Oréal Brasil conta que a Companhia viu a possibilidade de continuar estimulando futuras cientistas e, ao mesmo tempo, incluir o time interno de pesquisa na iniciativa nas atividades. “Com o projeto, nossas pesquisadoras poderão compartilhar sua experiência, suas dicas com meninas em idade de optar pela carreira científica, esclarecendo dúvidas e apoiando-as nessa escolha. Ver algumas delas de fato evoluírem nesta via científica será uma grande recompensa para todas nós que acreditamos que o mundo precisa de Ciência e que a Ciência precisa de mulheres”, pontuou.

Dentre as atividades previstas no projeto para 2021, além dos encontros com as cientistas da empresa, está prevista a construção de uma iniciativa focada no Centro de Pesquisa & Inovação da L’Oréal Brasil, localizado na Ilha de Bom Jesus, no Rio de Janeiro, ao lado da UFRJ. Por conta das restrições causadas pela pandemia da Covid-19, a solução foi montar uma visita virtual (que pode ser conferida clicando nesse link aqui), permitindo que as meninas descubram as principais áreas de pesquisa do laboratório, além de entenderem como os produtos e projetos são desenvolvidos na empresa.