Pesquisa & Inovação da L’Oréal Brasil ganha destaque no principal evento mundial do setor de cosméticos e beleza

Os principais nomes do setor de beleza se reuniram no final do mês outubro para a 31ª edição do Congresso IFSCC - e as inovações do time de Pesquisa & Inovação da L’Oréal, com participação importante do Brasil, se destacaram no evento online realizado a partir de Yokohama, no Japão. No evento, Daiane Mercúrio, Gerente de Avaliação Instrumental e Clínica, e Ana Arigony, Gerente de Performance de Produto, marcaram presença para apresentarem um estudo sobre os benefícios de produtos cosméticos para pele oleosa realizado aqui no país. Conversamos com Daiane para entender a importância do projeto e qual é a relevância da participação do time  do evento. Confira!

Leia também: Inovação em beleza: 5 marcos do pioneirismo em pesquisa e inovação da L'Oréal 

L’Oréal Brasil: Qual foi a participação/contribuição do time Brasil no Congresso IFSCC?

Daiane Mercurio: Contribuímos no IFSCC com a apresentação de um pôster de um estudo realizado no Brasil, chamado “Translation to Brazilian Portuguese and Validation of the oily skin self-image questionnaire to evaluate the effect of a cosmetic product on well-being women” [em português, “Tradução para o português brasileiro e validação do questionário de autoimagem da pele oleosa para avaliar o efeito de um produto cosmético no bem-estar da mulher”].

LB: Este foi um projeto só do Brasil?

DM: Ele, na verdade, é uma cooperação entre os hubs de inovação Brasil e França, com a contribuição externa da dermatologista Edileia Bagatin e da Beatriz Sant’Anna, nossa Diretora de Comunicação Científica da L’Oréal Cosmética Ativa. Em Pesquisa & Inovação Brasil, Ana Lucia Arigony e eu lideramos o projeto, enquanto parte do time de Pesquisa & Inovação França contribuiu com a expertise e análise estatística criteriosa para este processo.

LB: Qual é a importância do projeto para a sociedade, o setor de beleza e nossos consumidores?

DM: Este projeto traz uma contribuição muito importante para o estudo da pele oleosa e comprovação dos benefícios de produtos cosméticos para este tipo de pele.  Sabemos que a pele oleosa está associada a poros dilatados e uma aparência brilhante e oleosa. Como essa condição costuma ser visível para os outros, a pessoa pode se sentir envergonhada, frustrada e pouco atraente; assim, pode ser prejudicial às interações sociais, resultando em impacto negativo na qualidade de vida. O objetivo deste estudo foi adaptar e validar uma versão brasileira do OSSIQ para medir as reações psicológicas e comportamentais à condição da pele oleosa e testar a adequação do questionário como uma medida dos benefícios de uma rotina cosmética.

LB: O que é o OSSIQ e como ele é utilizado na pesquisa?

DM: O OSSIQ é um questionário de qualidade de vida que foi desenvolvido pela equipe de PPE (Departamento de Avaliação de produtos em Pesquisa & Inovação) na França, mas, para ser utilizado e avaliado na população brasileira, era necessária a tradução para a língua portuguesa. Para esta tradução, tivemos que passar por um processo de validação robusto. Por isso, conduzimos um estudo clínico com aproximadamente 200 mulheres brasileiras, sendo ~100 mulheres com pele normal e ~100 mulheres com pele oleosa - e estas últimas utilizaram uma rotina de skin care para melhoria da pele oleosa. Com os resultados deste estudo, conseguimos validar o questionário em português, e também observamos a melhora significativa de qualidade de vida após a rotina cosmética.

LB: E por que é estratégico para a L’Oréal Brasil, especificamente, estar nesse evento?

DM: O IFSCC é um dos maiores eventos da Ciência Cosmética do mundo, onde empresas, centros de pesquisas e universidades se reúnem para compartilhar os últimos avanços em Pesquisa e Desenvolvimento de Cosméticos. A presença da L’Oréal neste evento ressalta todo investimento e Pesquisa & Inovação, bem como nosso posicionamento vanguardista na geração de conhecimento, inovação de métodos de avaliação e desenvolvimento de produtos eficazes e com robustez científica.

Redação: Raquel Carletto

Pesquisa & inovação da L’Oréal Brasil ganha destaque no principal evento mundial do setor de cosméticos e beleza