conservacaodaaguabluebeautylorealbrasil 5

Blue Beauty: 5 ações da L’Oréal Brasil para gestão e conservação da água

Aposta em fórmulas biodegradáveis e inovações com foco no respeito aos ecossistemas oceânicos fazem parte das iniciativas da Companhia

Você sabia que, de acordo com dados da ONU, 2 a cada 3 pessoas vão sofrer com falta de água em 2030? É justamente para contribuir e reverter esse cenário que surge o Blue Beauty: um movimento que promove a conservação do oceano e a gestão sustentável da água. Assumindo sua responsabilidade social e ambiental como líder mundial da beleza, a L’Oréal Brasil está engajada com a preservação e gerenciamento desse recurso há anos - e se comprometeu no respeito e conservação da água como uma de suas prioridades no programa de sustentabilidade L’Oréal Para o Futuro.
“A água é um dos bens mais preciosos para a humanidade e nós da L’Oréal temos a responsabilidade de preservar esse recurso, desde a criação do produto até o consumo final. O nosso programa L’Oréal Para o Futuro foi construído com base nos limites das fronteiras do planeta. Nossas inovações com foco em sustentabilidade e redução de desperdício reforçam nosso compromisso com a gestão da água e comprovam nosso respeito ao ecossistema marinho”

Maya Colombani, Diretora de Sustentabilidade da L’Oréal Brasil

 

Confira as 5 principais ações e inovações da Companhia para acelerar a conscientização sobre o tema!

1) L’Oréal Brasil é referência mundial na gestão e preservação da água

Inovações sustentáveis com foco no respeito da gestão da água fazem parte dos esforços constantes da L’Oréal Brasil - que é líder em sustentabilidade corporativa e a única empresa a ter alcançado, em cinco anos consecutivos, a pontuação máxima no prêmio CDP (Carbon Disclosure Project, uma das maiores premiações do mundo), nas três categorias: mudanças climáticas, preservação das florestas e conservação da água, onde temos a maior classificação.

2) Biodegradabilidade: ferramenta SPOT permite melhorar perfil ambiental de produtos

No coração da inovação, a L’Oréal monitora o impacto de cada um de seus produtos. Na prática, 100% deles são avaliados através da ferramenta SPOT, a fim de contribuir com a decisão estratégica dos times de embalagens, fórmula e matéria-prima de maneira a ter um impacto ambiental e social positivo.

“Um dos nossos melhores exemplos é a ferramenta SPOT. Por meio dela, 90% dos nossos produtos novos ou renovados tiveram seu perfil ambiental ou social avaliado e melhorado em 2020”, conta a Diretora. Por meio dessa ferramenta, por exemplo, conseguimos alcançar 91% de biodegradabilidade média das fórmulas de xampu e condicionador!

3) Infraestrutura com Jardins Filtrantes: inovações premiadas com biotecnologia na gestão da água

Em 2017, a L’Oréal Brasil recebeu o prêmio internacional Green Solution Awards, durante a Conferência Mundial do Clima (COP 23), pelo projeto Jardim Filtrante, desenvolvido em parceria com a Phytorestore Brasil. O prêmio anual tem o objetivo de inspirar empresas com projetos pioneiros que promovem soluções de práticas ambientais e sustentáveis.

Instalado no Centro de Pesquisa & Inovação da companhia no país, no Rio de Janeiro, o Jardim Filtrante trata águas pluviais e os resíduos industriais e sanitários de forma natural e reutiliza os líquidos para irrigação e reuso nos banheiros. A iniciativa já representa uma redução no consumo de água de cerca de 40%.

Vale destacar que essa inovação também foi reconhecida pelo Prêmio FIRJAN de Ação Ambiental 2019, na categoria Água e Efluentes; pelo Prêmio de Conservação e Reúso de Água 2018 promovido pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

4) Parcerias com startups Gjosa: inovações para economia de água e redução de energia

Já para criação de soluções exclusivas de economia de água, a L’Oréal investiu na startup Gjosa. Na prática, as duas empresas trabalham juntas desde 2015 para otimizar tecnologias de enxágue de xampu com o objetivo de economizar água. Em 2018, elas anunciaram o desenvolvimento de um chuveiro capaz de enxaguar o shampoo com 1,5 litro de água (em vez dos 8 normalmente usados). Já em 2021, as empresas apresentaram o L’Oréal Water Saver, um dispositivo sustentável para o salão de beleza que permite reduzir o consumo de água em até 80% durante a lavagem dos fios, além de reduzir o desperdício energético.

5) ‘Missão Fábrica Seca’: ambição de reduzir a zero o desperdício de água no processo de fabricação

Por falar em redução, entre 2005 e 2020, a L’Oréal Brasil reduziu em 26% o seu consumo de água ligado a produção de seus produtos, mas ainda tem a ambição que vai muito além: a missão de fábrica seca. “Esse projeto tem como objetivo atingir o desperdício zero de água, o padrão ‘circuito fechado’, no processo de fabricação em São Paulo, até 2023, 7 anos antes da meta internacional do Grupo”, explica a Diretora. Na prática, significa dizer que toda a água consumida pela fábrica será proveniente de reuso - exceto a água contida nos produtos e a água usada para consumo humano.

L’Oréal Para o Futuro: investimento de 50 milhões de euros na regeneração do ecossistema oceânico e florestal

Em 2020, a L’Oréal reforçou seu compromisso com a sustentabilidade lançando o Programa L’Oréal Para o Futuro, com metas sociais e ambientais até 2030. Por meio dela, o Grupo dedicou 50 milhões de euros para a regeneração dos ecossistemas a nível global - mas os esforços não vão parar por aí.

“Queremos empoderar os nossos ecossistemas, influenciando fornecedores a terem um uso responsável da água, mas também educando os nossos consumidores a durante a utilização do nosso produto de forma mais consciente. Queremos diminuir a pegada hídrica em menos 25% durante o uso dos nossos produtos, mas queremos ir além do próprio impacto do nosso negócio, contribuindo nos grandes desafios do planeta e por isso, que a uma escala internacional, a regeneração dos ecossistemas oceânico e marinho também são estratégicos. A superfície do planeta é composta por 70% de água, o homem é composto por 70% de água. Nós precisamos da água, somos água”, finaliza Maya.