Presidente da L’Oréal Brasil fala sobre jornada de transformações

L’Oréal Brasil fala sobre transformação do negócio durante Conferência .Futuro Rio

Presidente da L’Oréal Brasil fala sobre jornada de transformações da Companhia durante Conferência .Futuro Rio 2020

An Verhulst-Santos destacou a aceleração em mudanças estratégicas na L’Oréal durante a pandemia do coronavírus

A chegada da Covid-19 agilizou a transformação do negócio de empresas ao redor do mundo, e com a L’Oréal Brasil não foi diferente. Para falar sobre essa aceleração da jornada de mudanças estratégicas da Companhia durante a pandemia, An Verhulst-Santos, presidente da L’Oréal Brasil, esteve presente na 4ª edição da Conferência .Futuro | Rio nesta quarta-feira (18). Durante o painel “Um Futuro com Propósito”, a presidente apresentou um pouco das novidades que marcaram as modificações nas formas de trabalho, digitalização, sustentabilidade e foco no consumidor na empresa desde o começo da pandemia. Confira um resumo do discurso abaixo!

Transformação do negócio na L’Oréal Brasil acelerou 5 anos em até 5 meses

Logo no começo de seu discurso, An Verhulst-Santos destacou que não existe mais presente ou futuro sem propósito. Por isso, o Grupo L’Oréal já estava antecipando movimentos de transformação no negócio antes mesmo da chegada da pandemia. “A crise vem acelerando essa agenda: o que faríamos em 5 anos chegou a acontecer em até 5 meses”, destacou a presidente. Dentre essas mudanças, olhando a geração millennial, o Grupo já focava em novas formas de trabalho e de colaboração.

“Com a pandemia, aqui no Brasil, cerca de 2 mil pessoas trabalharam de forma remota na L’Oréal. Alguns times, como o da fábrica, dos CDs, da Pesquisa & Inovação e do campo continuaram com suas atividades presenciais, mas respeitando todas as medidas de higiene e segurança. E, no futuro, acredito que vamos chegar a um modelo híbrido, juntando presencial e remoto”, contou An.

Apoio aos clientes e consumidores fez parte da estratégia da L’Oréal Brasil durante a crise

Além dos Colaboradores, a presidente da L’Oréal Brasil ainda destacou que a Companhia nunca esteve tão próxima de seus clientes, consumidores e sociedade. Com o intuito de minimizar os impactos no mercado de beleza profissional, por exemplo, a empresa criou ações como o movimento Beleza Amiga, permitindo aos consumidores a compra de vouchers para serem usados em salões na medida em que reabriram, com descontos em produtos da marca L’Oréal Professionnel.

“Também demos total apoio à reabertura, com máscaras e frascos de álcool gel distribuídos aos salões parceiros, além do desenvolvimento de um guia de higiene e segurança para todos os profissionais e gestores de salão. Em termos de consumidor, é importante ressaltar que não tem futuro sem conseguir acompanhá-lo na sua jornada e nas suas aspirações”, destacou.

Aceleração digital é considerada uma oportunidade única para a Companhia

Já sobre a aceleração em digitalização na Companhia, An Verhulst-Santos destacou que essa transformação digital é considerada uma oportunidade única para a L’Oréal, e a revolução da inteligência artificial abre uma nova era para a invenção da beleza do futuro. “A L´Oréal, empresa número 1 de Beleza do mundo, tem a ambição de se tornar no futuro a beauty tech número 1 do mundo. São 110 anos no mercado de beleza e posso dizer que a transformação digital pela qual estamos passando não é um mero slogan, não é mais uma crença, virou uma realidade que passa por uma transformação do mindset para ‘digital-first’”, destacou.

Como marcos dessa mudança de mindset, a presidente destacou inovações digitais como os lançamentos de diversos VTOs (Virtual Try Ons), que permitem experimentação de produtos por meio da realidade aumentada, graças a aquisição da Modiface - empresa especialista em inteligência artificial aplicada à indústria da beleza - e a, potencialização do e-commerce nos últimos meses. “Este foco no digital levou a um crescimento triplo dígito do e-commerce, onde somos líderes no segmento da beleza”, contou An.

Plano de Solidariedade e lançamento do programa L’Oréal Para o Futuro marcaram o ano com foco em sustentabilidade

Em meio a um ano particular, a presidente também destacou a importância de marcas e empresas apostarem ainda mais na sustentabilidade e contribuírem com o esforço coletivo no combate ao coronavírus. Por isso, a L’Oréal Brasil mobilizou seus times para a produção de 190 toneladas de álcool gel, investindo R$4 milhões para doar mais de 800 mil unidades de álcool gel, além de produtos de higiene e cuidados pessoais. Os produtos foram doados a mais de 220 hospitais públicos e UPAs de 16 estados de Norte a Sul do país, além de 240 mil famílias em mais de 270 comunidades no Brasil, incluindo populações quilombolas e 143 mil indígenas.

Ainda sobre sustentabilidade, a presidente da L’Oréal Brasil relembrou que “o futuro das empresas será sustentável, ou elas não terão futuro”. Pensando nisso, em 2020, a L’Oréal não só anunciou os resultados do programa de sustentabilidade iniciado pela Companhia em 2005, o Sharing Beauty With All, como também comunicou seus novos compromissos sustentáveis por meio do lançamento do programa L’Oréal Para o Futuro. Nele, foram estabelecidas metas para transformar o negócio respeitando os limites planetários, capacitar o ecossistema de negócios e contribuir com necessidades sociais e ambientais urgentes até 2030.

“O futuro da humanidade vai depender de nosso poder de transformação para construí-lo. Do lado da L’Oréal, vamos ser catalisadores dessa mudança para toda nossa cadeia com os nossos 1,5 bilhão de consumidores e para nossos clientes, fornecedores e parceiros que serão envolvidos. Para tornar essa revolução sustentável e inclusiva, nós precisamos engajar a todos. Gostaria de lembrar que o propósito não é apenas o destino final, mas todos os passos ao longo de nossa jornada de transformação”, finalizou An Verhulst-Santos.