embalagem inovao loreal brasil

Inovação em embalagem: L’Oréal reúne fornecedores para falar sobre tendências

Evento chamado Inno Pack Days (Dias de Inovação em Embalagens) reuniu 10 parceiros da Companhia para discutir projetos e potenciais inovações

Em busca de mais inovação para embalagens dos produtos de beleza, a L’Oréal Brasil reuniu seus 10 importantes fornecedores nacionais e internacionais para debaterem novidades e tendências do mercado durante os Dias da Inovação da Embalagem. O evento interno, realizado virtualmente nos dias 8, 9 e 11 de dezembro, teve o objetivo de colocar os times da L’Oréal em contato com parceiros internacionais e nacionais como Aptar, Silgan, Ibema, Suzano, Inapel, C-Pack, América Tampas, AbPlast, Spiltag e BralMax. Mas o que a L’Oréal espera a partir dessa integração? Tobias Ceolin, Gerente de Inovação de Embalagens LatAm da Companhia, explica na matéria!

Evento com foco em inovação para embalagem da L’Oréal ajuda a promover projetos de parceiros


Uma das grandes vantagens de eventos como os Dias da Inovação da Embalagem, segundo Tobias, é fortalecer o contato da L’Oréal com parceiros locais, promovendo a divulgação de projetos ou ideias e desenvolvendo competências prioritárias para o mercado de beleza brasileiro. No entanto, o evento ainda tem uma importância bastante particular para o momento atual da empresa. “Estruturados como Zona América Latina temos a chance de cascatear oportunidades mais adaptados à nossa realidade para os outros países da região - e isso vale muito para o tema de Inovação de Embalagens, que antes estava mais focado para o consumidor Norte-americano e Europeu”, lembra ele. 

Oferecer embalagens inovadoras conciliando preço e acessibilidade é um dos desafios da empresa


E quais são os desafios da L’Oréal Brasil no quesito embalagem? Ainda de acordo com Tobias, o principal deles é trazer cada vez mais embalagens que permitam a diferenciação das marcas da Companhia enquanto oferecem novas experiências de uso para o consumidor - tudo conciliando a questão de preço e acessibilidade. “Somos um mercado bastante competitivo em custo, e nossas embalagens precisam agregar funcionalidades que sejam adequadas ao posicionamento de preço de nossas marcas, mantendo a construção de valor para o mercado e na percepção do nosso consumidor”, explicou. 

Ainda sobre o assunto, ele acredita que a demonstração de interesse de vários fornecedores em localizar a produção de componentes críticos no Brasil e outros países da América Latina tende a garantir mais diferenciação nos produtos da Companhia a um preço adequado. No entanto, tudo deve ser feito pensando primeiramente no consumidor. “É importante colocarmos o consumidor sempre no centro daquilo que desenvolvemos para sermos cada vez mais assertivos nas escolhas das nossas prioridades”.

O que a L’Oréal busca em inovação de embalagens?


Para continuar inovando em embalagens, Tobias explica que os times se apoiam em 3 pilares fundamentais para conduzir sua estratégia:

- Sustentabilidade: “trabalhar para cumprir os compromissos globais da L’Oréal. nos próximos anos e as estratégias de cada marca não só é fundamental para a construção da beleza do futuro, como também é um fator crítico para nos mantermos à frente do nosso mercado”;

- Performance: “mais e mais nossos produtos precisam ter seus atributos aprimorados na busca de um mix perfeito entre fórmula, embalagem e gestual de uso. A inovação é parte fundamental dessa busca”;

- Experiência:
“para todos os nossos produtos, precisamos entender a jornada da nossx consumidorx e quais são as maiores oportunidades de encantamento nessa jornada. Assim, através da inovação, é possível endereçar ações para eventuais “dores” na busca de melhores experiências de uso”.