roberta santanna loreal luxo

Liderança Equilibrada: Roberta Sant’Anna fala à Marie Claire sobre desafios na L’Oréal Cosmética Ativa

o mercado de beleza há mais de 20 anos, Roberta Sant’Anna assume nova área da L’Oréal Brasil. Além dos desafios mercadológicos, sua agenda prevê o bem-estar da equipe e iniciativas ligadas à diversidade – a exemplo da La Roche-Posay.

Não é por acaso que a palavra “equilíbrio” aparece com frequência nas conversas com Roberta Sant’Anna. Durante muito tempo, a nova diretora de Cosmética Ativa da L’Oréal Brasil acreditou que os compromissos pessoais não deveriam interferir na agenda profissional. Era uma workaholic clássica. Mas a maternidade e os mais de 20 anos de experiência em grandes organizações, sendo os últimos oito na marca francesa de beleza, mostraram que ela estava errada:

“Depois que você encontra uma maneira de combinar as duas áreas, não consegue voltar como era antes. Eu nunca vou trabalhar até as 22h ou chegar ao escritório às 7h. Coloquei como princípio de vida”, conta. Algumas dessas práticas de organização, Roberta levou para o time que passou a coordenar em março deste ano: “A pandemia fez a gente ter mais cuidado com o outro, é enorme a quantidade de casos de burnout acontecendo nas empresas. Combinei que ninguém pode marcar reunião na hora do almoço porque agora, além de tudo, é preciso ter tempo para preparar a comida. Temos horário para começar e para encerrar o trabalho. Às sextas-feiras após as 15h, o time está liberado. Com uma priorização de tarefas, tudo cabe.” 

Em sua balança atual de prioridades, o bem-estar da equipe tem o mesmo peso da responsabilidade em democratizar o acesso à dermatologia, foco da área que assumiu depois de passagens bem-sucedidas pelas divisões de marketing, comercial e luxo – nessa última, aumentou o faturamento da marca em dois dígitos. “Agora, sinto um gostinho especial em falar de saúde, que é o futuro da beleza. Nunca tinha vivenciado um propósito tão forte de negócio. Hoje, só 10% da população brasileira tem acesso a um especialista em pele. E parte disso se deve a um mindset de que dermatologia é solução de problema e não prevenção. Por isso que uma das minhas principais agendas é a conscientização”, explica.

loreal luxo roberta santanna

O assunto é tão sério que a La Roche-Posay, marca que está sob seu guarda-chuva, lança este ano uma campanha institucional inédita para dar voz a todos que sofrem com os efeitos colaterais, físicos e mentais provocados por problemas de pele. “A La Roche-Posay é a marca de dermocosméticos nº 1 em recomendação de dermatologistas em todo o mundo. Por isso, nosso maior desafio é ir além, transformando seu business model por meio da sustentabilidade, visando a um futuro melhor para a sociedade e liderando iniciativas em prol da saúde e do planeta”, afirma. Manter o nome da empresa no topo é mais um dos pratinhos que Roberta vai precisar manter rodando no ar em 2021. “Só no ano passado, crescemos 19,7% na área de dermocosméticos, cerca de 40% acima do mercado. Tenho o papel enorme de fazer a manutenção dessa nossa liderança”, afirma. 

A trajetória de Roberta até chegar ao cargo de executiva de uma das maiores companhias de beleza do mundo, presente no Brasil há mais de 60 anos, começou quando a paulistana ainda era estagiária. Nascida no tradicional bairro da Mooca, Zona Leste de São Paulo, Roberta mudou-se ainda criança com a família para o Rio de Janeiro e entrou na L’Oréal quando cursava a graduação em administração de empresas. Assim que se formou, foi sozinha para São Paulo ter novas experiências profissionais em programas de trainee. O retorno definitivo para o Rio aconteceu em 2013, com a morte da mãe. “Estava grávida da minha primeira filha e não queria tê-la longe do meu pai e dos meus irmãos. Foi nesse momento difícil que voltei para a L’Oréal. Eles me contrataram quando faltavam só três meses para a Valentina nascer.”

Dois anos depois, grávida da segunda filha, Carolina, veio a promoção para uma vaga na diretoria comercial. “É uma empresa que entende a importância de ter lideranças femininas, e isso faz parte da nossa estrutura de diversidade. A gente tem promovido uma grande transformação aqui dentro.” Entre os projetos mais recentes, está um programa piloto de capacitação de colaboradores para atuação como visitadores médicos e dermoconsultores. Inédito no grupo L’Oréal, o programa tem duração de três meses e é focado em diversidade e inclusão. “Fizemos uma parceria com outras duas empresas e 15 jovens estão recebendo aulas técnicas e também dicas de oratória e PowerPoint, essas últimas conduzidas por colaboradores da empresa. No fim do programa, a marca se compromete a contratar pelo menos 70% desses jovens e os demais podem ser indicados para outras divisões ou até mesmo para parceiros”, explica ela. 

Roberta também faz parte da Mentoria Colorida, na qual disponibiliza uma hora por mês para orientar um colaborador negro e, em contrapartida, recebe mentoria de duas meninas negras, de áreas diferentes. “É um ciclo de troca. A multiplicidade de pensamentos, de cultura ajuda todo mundo a se desenvolver e evoluir como cidadão. É muito legal trabalhar em grandes companhias, mas o melhor de tudo é criar relações com as pessoas.”

Por Larissa Saram / foto: Camilla Maia / produção executiva: Vandeca Zimmerman

Matéria publicada em 04/05/2021, na Marie Claire (versão on e off)